MANCHETE 1

Resultado da Rumo, Cyrela, CCR e de outras 12 companhias

Rumo

A Rumo (RAIL3) reportou lucro líquido de R$ 175 milhões no primeiro trimestre deste ano. Dessa forma a companhia reverte o prejuízo de R$ 274 milhões do 1T20. 

O Ebitda subiu 44,2%, chegando a R$ 832 milhões no 1T21.

A receita teve crescimento de 22,6%, para R$ 1,746 bilhão. 

Ecorodovias

A Ecorodovias (ECOR3) divulgou na noite desta quinta-feira, 13 de maio, o resultado do primeiro trimestre de 2021 (1T21). A companhia teve queda de 11,9% no lucro líquido em relação ao 1T20, a R$ 88,0 milhões.

O Ebitda pró-forma, que exclui receita e custo de construção e provisão para manutenção, totalizou R$ 575,4 milhões, alta de 8,5% em relação ao 1T20. A margem Ebitda pró-forma foi de 68,8%.

A receita líquida pró-forma, ou seja, sem receita de construção, ficou em R$ 836,3 milhões no 1T21, crescimento de 8,9% na comparação anual.

Cyrela

A Cyrela (CYRE3) reportou crescimento de 588% no lucro líquido, atingindo R$ 192 milhões no primeiro trimestre deste ano. No 1T20, o lucro somou R$ 28 milhões. 

A alta do lucro foi puxada pelo avanço do faturamento com o maior volume de obras em andamento de unidades já comercializadas, além do maior volume de vendas no período. As vendas somaram R$ 908 milhões no 1T21, crescimento de 32,2%.

A receita líquida totalizou R$ 1,004 bilhão, alta de 89,6% na mesma base de comparação. A margem bruta subiu 1,8 ponto porcentual, para 34,5%.

Lavvi

O lucro líquido da Lavvi (LAVV3) totalizou R$ 17 milhões no 1T21, 90% acima do 1T20 mesmo sem lançamentos. 

Com relação a margem líquida, foi de 18,9% no 1T21, retração de 2,3 p.p. em relação ao 4T20. O lucro líquido acumulado em 12 meses (LTM) totalizou R$102 milhões.

O ROE anualizado ao final do 1T21 foi de 14%.

No 1T21, a receita líquida totalizou R$ 90 milhões, 113% acima do 1T20. A receita líquida acumulada em 12 meses (LTM) totalizou R$407 milhões.

C&A

A C&A Modas (CEAB3) informou na noite desta quinta-feira, 13 de maio, o resultado do primeiro trimestre de 2021 (1T21). A companhia obteve prejuízo líquido de R$ 138,5 milhões, montante 150% pior que do desempenho do 1T20. A margem líquida negativa de 17,8% foi 12,1 pp inferior ao 1T20.

O Ebitda ajustado do trimestre ficou negativo em R$ 133,8 milhões. No 1T20, o Ebitda ajustado havia sido de R$ 4,2 milhões.

A receita líquida total foi de R$ 776,1 milhões, 20,6% inferior ao 1T20. Segundo a companhia, o trimestre foi impactado pela pandemia com fechamento de lojas e redução do horário de operação, além de maior insegurança dos clientes.

Ferbasa

A Companhia de Ferro Ligas da Bahia – Ferbasa (FESA3 e FESA4) informou na noite desta quinta-feira, 13 de maio, o resultado do primeiro trimestre de 2021 (1T21). A companhia teve lucro líquido de R$ 59 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 0,6 milhão registrado no 1T20.

O Ebitda ajustado ficou em R$ 151,3 milhões, em alta de 120,6% na comparação ano a ano.

A receita líquida reportada foi de R$ 517,3 milhões, 49,4% superior à do 1T20.

Alliar

O Centro de Imagem Diagnósticos – Alliar (AALR3) divulgou na noite desta quinta-feira, 13 de maio, o resultado do primeiro trimestre de 2021 (1T21). O lucro líquido da companhia foi de R$ 12,5 milhões; crescimento de R$ 32,5 milhões em relação ao 1T20.

O Ebitda ajustado totalizou R$ 71,8 milhões, crescimento de 97,7% na comparação anual.

Even

A Even Construtora e Incorporadora (EVEN3) divulgou na noite desta quinta-feira, 13 de maio, o resultado do primeiro trimestre de 2021 (1T21).  A companhia registrou lucro líquido de R$ 84 milhões, crescimento de 130% versus 1T20. O Retorno sobre o Patrimônio (ROE anualizado) foi de 18%.

O Ebitda ajustado foi de R$ 111,4 milhões no período, frente ao montante de R$ 59, 4 milhões do 1T20.

A receita líquida totalizou R$ 683 milhões, alta de 68% em relação ao 1T20.

Eztec

A Eztec (EZTC3) divulgou na noite desta quinta-feira, 13 de maio, o resultado do primeiro trimestre de 2021 (1T21).  A companhia teve lucro líquido de R$ 72,9 milhões, queda de 6% em relação ao 1T20.

O lucro líquido atribuível aos acionistas controladores foi de R$ 73 milhões, com margem líquida de 37,4%.

O Ebitda ficou em R$ 38,9 milhões, 28% menor que no mesmo trimestre de 2020.

A receita líquida totalizou R$195 milhões, queda de 22% na comparação anual.

Mills

A Mills Estruturas e Serviços de Engenharia (MILS3) apresentou na noite desta quinta-feira, 13 de maio, o resultado do primeiro trimestre de 2021 (1T21). O lucro líquido consolidado foi de R$ 7,4 milhões no 1T21, sendo R$ 8,4 milhões maior que no 1T20.

O Ebitda ajustado ficou em R$ 54,3 milhões no 1T21, alta de 38,9% na comparação anual.

A receita líquida somou R$ 153,6 milhões no período, 21,8% superior a do 1T20.

Anima

A Anima Holding (ANIM3) reportou EBITDA Ajustado de R$146,5 milhões, (+23,8% vs. 1T20), com Margem EBITDA Ajustada de 35,2% (+0,3pp vs. 1T20).

O Lucro Líquido Ajustado foi de R$ 56,3 milhões com crescimento de 28,5% vs. 1T20 com Margem Líquida ajustada de 13,5%, 0,6pp acima do 1T20.

Plano & Plano

A Plano & Plano Desenvolvimento Imobiliário (PLPL3) reportou lucro líquido de R$ 50 milhões no 1T21, um acréscimo de 145,2% considerando o lucro líquido de R$ 20,4 milhões registrado no 1T20. 

“Esse aumento foi possível devido ao bom desempenho obtido nas vendas do trimestre”, explicou a companhia. 

A margem líquida ficou em 16,0% no 1T21, 5,7 pp acima dos 10,3% obtidos no 1T20. Com relação ao 4T20, houve aumento de 1,1% no lucro líquido e redução de 2,0 pp na margem líquida.

O EBITDA ajustado gerado no primeiro trimestre de 2021 totalizou R$ 68,9 milhões, um aumento de 110,5% em relação ao mesmo período de 2020, considerando a performance operacional crescente.

Light

A Light (LIGT3) teve prejuízo líquido de R$ 41,8 milhões no 1T21. No 1T20 reportou lucro líquido de R$ 166 milhões.

O EBITDA consolidado foi de R$419,8 milhões no 1T21, o que representou uma redução de 9,9%, ou R$45,9 milhões, em relação ao 1T20, motivada pelos resultados da Distribuidora

Energisa

A Energisa (ENGI11) reportou na noite desta quinta-feira, 13, lucro líquido consolidado de R$ 873,3 milhões no 1T21, crescimento de 50,1% (R$ 291,6 milhões) sobre 1T20.
O EBITDA ajustado consolidado totalizou R$ 1,424 bilhão no 1T21, acréscimo de 53,3% (R$ 495,6 milhões) sobre 1T20. 

CCR

A CCR (CCRO3), uma das maiores empresas de concessões de infraestrutura da América Latina, divulgou na noite desta quinta-feira, 13, seus resultados do 1T21. 

O lucro líquido foi de R$ 688,9 milhões, crescimento de 137,8% na comparação com o 1T20. 

Considerando o lucro líquido mesma base (ex-reequilíbrio ViaQuatro) o valor foi de R$ 126 milhões, queda de 56,5%.

O EBITDA ajustado apresentou crescimento de 70,7% na comparação com o 1T20, com margem de 72,8% (11,4 p.p.). Na mesma base (ex-reequilíbrio da ViaQuatro) houve queda de 6,7%, com margem de 59,5% (-1,9 p.p.).  

 

 

Whatsapp: 

Para receber notícias entre no grupo pelo link:

https://chat.whatsapp.com/CdnKkvmMKhY4B9xeJukh4W

Telegram

Para notícias entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFdKtmVSmTmfF68jIA

Para análise gráfica entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFk1BILf5KNH9DlQ3A

Recent Posts

Companhias que divulgaram informações sobre dividendos e JCP na semana

      A seguir confira as companhias da B3, a Bolsa brasileira, que divulgaram…

27 de novembro de 2021

Notícias corporativas da noite desta sexta, 16

  Publicado às 21h18   Notícias corporativas da noite desta sexta, 16 (clique nos links…

26 de novembro de 2021

Acionistas controladores da Alliar aceitam proposta feita pela MAM

    Publicado às 20h56     Os acionistas controladores da Alliar (AALR3) aprovaram aceitar…

26 de novembro de 2021

Cade aprova aquisição da  Zee.Dog pela Petz

    Publicado às 20h41   A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade)…

26 de novembro de 2021

Petrobras assina arrendamento de usina TermoCamaçari para Proquigel

Publicado às 20h33   A Petrobras (PETR3, PETR4) informou na noite desta sexta, 26, que…

26 de novembro de 2021