MANCHETE SECUNDÁRIA

Méliuz e Enjoei: a avaliação do Bradesco BBI

 

Publicado às 11h20min

 

Méliuz

O banco Bradesco BBI elevou de R$ 20 para R$ 42 o preço-alvo da Méliuz (CASH3) mantendo a recomendação “outperform” (desempenho acima da média do mercado). 

Para os analistas do banco, a companhia é a ação preferida dentre três setores e 26 papéis sob sua cobertura. A Méliuz é a pioneira do cashback no Brasil.

Salientando que a companhia levantou R$ 300 milhões na oferta pública inicial de ações em novembro passado, o BBI avalia que essa quantia deve ser usada para aumentar a equipe, em meio a maiores investimentos com marketing e aquisições. 

Desde o IPO (sigla em inglês para Oferta Pública Inicial) em novembro passado, as ações da companhia já se valorizaram mais de 200%.

O time de analistas elevou a previsão de crescimento de receita da empresa de cashback este ano de 57% para 67% na base de comparação anual, principalmente devido ao crescimento de 5,3 milhões na base de clientes ativos em 2020. A expectativa era expansão de 3,3 milhões. 

A projeção é de que o número de clientes chegue a 8,6 milhões em 2023.

O crescimento mais rápido da base de usuários deve levar a maior penetração do cartão de crédito Méliuz e outros serviços financeiros, ressalta o BBI. 

Enjoei

O time de analistas do Bradesco BBI também elevou o preço-alvo para os papéis da Enjoei (ENJU3). Passou de R$ 18 para R$ 23. O banco manteve a recomendação “outperform”.

O BBI salienta que a prévia operacional do quarto trimestre veio melhor do que o esperado. 

O número de compradores ativos da Enjoei disparou 100% em relação a 2019 e chegou a 790 mil

Os novos compradores cresceram 2,05 vezes, para 209 mil, enquanto que o número de novos vendedores cresceu 74%, saindo de 110 mil para 192 mil.

O GMV, que mede volume bruto de mercadoria, teve expansão de 95%. O dado confirma a trajetória de aceleração já observada nos trimestres anteriores, impactado pela aquisição de novos usuários e manutenção dos níveis de recorrência.

Analistas do Bradesco BBI destacam que a companhia fortaleceu sua equipe de executivos. 

O banco avalia que a Enjoei deve se concentrar em ampliar a base de vendedores e em conectá-los mais rapidamente a compradores. 

Desde o IPO em 9 de novembro do ano passado, as ações já se valorizaram quase 100%.

A companhia deve divulgar o balanço dia 30 de março.

 

Importante:

O Finance News não faz recomendação de compra ou venda de ativos. O texto acima tem por objetivo informar. O preço alvo é uma projeção baseada em uma metodologia e varia dependendo da instituição financeira. Procure profissionais especializados e certificados para tomar qualquer decisão sobre investimentos.

Whatsapp:

Para receber notícias entre no grupo pelo link:

https://chat.whatsapp.com/BiPCWc000T0D8xSll7SrIM

Telegram

Para notícias entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFdKtmVSmTmfF68jIA

Para análise gráfica entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFk1BILf5KNH9DlQ3A

Published by
Redação

Recent Posts

Safra: Vale segue com perspectiva positiva para dividendos

  Publicado às    O Safra elaborou um relatório onde analisa as informações do ‘Dia…

17 de setembro de 2021

Previ vende à Neonergia participações na Coelba, Cosern e Afluente T

    Publicado às 23h05   A Neoenergia (NEOE3) e a Caixa de Previdência dos…

16 de setembro de 2021

Petrobras inicia fase vinculante da Deten Química

  Publicado às 23h58   A Petrobras (PETR3, PETR4) concluiu a fase não vinculante iniciada…

16 de setembro de 2021

Notícias corporativas da noite desta quinta, 16

    Publicado às 21h43   Notícias corporativas da noite desta quinta, 16 (clique nos…

16 de setembro de 2021

Decreto aumenta IOF para custear novo Bolsa Família

    Publicado às 20h   O presidente Jair Bolsonaro editou nesta quinta-feira (16) um…

16 de setembro de 2021

Banco Mercantil vai submeter à assembleia proposta de grupamento e desdobramento das ações

  Publicado às 21h30   O conselho de administração do Banco Mercantil do Brasil (BMEB3;…

16 de setembro de 2021