Cade poderá tirar até 10% dos alunos de Kroton e Estácio, diz jornal

30 de Maio de 2017 Por Redação

screenshot_10

 

O jornal Estado de S. Paulo trouxe uma reportagem nesta terça, 30 de maio, sobre a fusão da Kroton (KROT3) e da Estácio (ESTC3).

A reportagem afirma que, segundo fontes, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) “aumentou o rol de ativos que terão que ser vendidos. A nova companhia terá de se desfazer de 1 em cada 10 alunos”.

Ainda segundo o Estadão, o Tribunal do Cade pretende impor metas de qualidade para os cursos do novo grupo.

As companhias ainda não se manifestaram.

O Tribunal do Cade estendeu o prazo de análise da fusão das companhias por 60 dias, devendo o processo ser encerrado até o dia 27 de junho próximo.

O Tribunal não está obrigado a utilizar todo o prazo legal de análise, podendo emitir sua decisão antes da data acima.