- Finance News - https://financenews.com.br -

Atualização das 13h30: estrangeiros na B3, Petz, BRF, Taesa e outros destaques

 

Publicado às 13h31

 

Ibovespa

O Ibovespa aumentou as perdas e às 13h30 tinha baixa de 1,42% aos 113.530 pontos.

A aversão aos ativos de risco aumentou com a tensão na Europa. As bolsas pelo mundo têm queda nesta sexta após o ataque e a tomada pelos russos da usina nuclear de Zaporizhzia, a maior da Europa. 

Às 13h25 o dólar comercial tinha alta de 1,14% a 5,086 na venda.

Estrangeiros na B3

De acordo com dados da B3, os investidores estrangeiros aportaram R$ 4,94 bilhões em recursos no segmento secundário da Bolsa brasileira na última quarta-feira, 2 de março. No acumulado do ano, o superávit é de R$ 67,5 bilhões.

Já o investidor pessoa física retirou R$ 1,87 bilhão da B3 na última quarta-feira. 

Considerando o investidor institucional, houve a retirada de R$ 3,26 bilhões no mesmo dia. 

Taesa

Às 13h29 as units da Taesa (TAEE11) lideravam os ganhos no Ibovespa com alta de +5,13%. Segundo analistas de mercado, a alta ocorre com investidores buscando papéis considerados defensivos para suas carteiras.

Petz 

O BTG revisou o preço-alvo para a Petz (PETZ3) de R$ 32 para R$ 26 devido principalmente ao maior custo de capital para o final de 2022.

Segundo a equipe do banco, a Petz evoluiu de um varejista regional tradicional para uma plataforma omnichannel nacional. 

A avaliação é que ainda existe muito espaço para crescer nesse mercado fragmentado. Por isso, elevou as estimativas de receita para os próximos 4 anos em 10% e espera um crescimento de receita de 57% ao ano (já incluindo as aquisições recentes). Isso justifica, segundo o BTG, a classificação de “compra”, apesar do valuation reconhecidamente “caro” (56x P/L 2022 e 36x P/L 2023).

 AES Brasil

Para o time de analistas do BTG Pactual a AES Brasil (AESB3) apresentou resultados fracos no 4T21. 

O EBITDA atingiu R$ 205 milhões, mas quando ajustado pela reversão de um earn-out relacionado à aquisição do Alto do Sertão II em 2017 (R$ 29 milhões), o EBITDA teria totalizado R$ 175 milhões, 8% abaixo da projeção do BTG (R$ 191 milhões). 

Mesmo após o follow-on que captou R$ 1,1 bilhão, a alavancagem atingiu 3,95x Dívida líquida/EBITDA em dez/21 devido à dívida captada para a construção de projetos. 

O banco espera ver uma desalavancagem apenas a partir de 2023. 

A classificação é “neutra” e o preço-alvo é de R$ 14.

Petróleo

Às 13h20 o petróleo tipo Brent tinha alta de +3% a 114,2 dólares com preocupações sobre o abastecimento no contexto do conflito entre Rússia e Ucrânia.

Suzano e Klabin

A Suzano (SUZB3) e a Klabin (KLBN11) operam em alta principalmente devido à valorização do dólar nesta sexta-feira.

BRF

Os papéis da BRF (BRFS3) caíam -3,8% às 13h25. Um dos motivos vem da China. O país informou a interrupção das compras de carne de frango de uma unidade do Mato Grosso a partir deste sábado, 5. O motivo da decisão não foi informado.

 

Importante:

O Finance News não faz recomendação de compra ou venda de ativos. O texto acima tem por objetivo informar. O preço-alvo é uma projeção baseada em uma metodologia e varia dependendo da instituição financeira. Procure profissionais especializados e certificados para tomar qualquer decisão sobre investimentos.

Whatsapp: 

Para receber notícias entre no grupo pelo link: 

https://chat.whatsapp.com/GFYzqsYpm1h8erVdgL0qVR [1]

Telegram

Para notícias entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFdKtmVSmTmfF68jIA [2]

Para análise gráfica entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFk1BILf5KNH9DlQ3A [3]