MANCHETE 2

Resultado da Raia Drogasil, Mobly, Sequoia e Iguatemi

Publicado às 21h39

 

 

Raia Drogasil: resultado e JCP

A Raia Drogasil (RADL3) aprovou, na noite desta terça, 9, o pagamento de R$ 173 milhões em proventos, divididos em Juros sobre o capital próprio (JCP) e dividendos. A companhia também divulgou o resultado do terceiro trimestre de 2021 (3T21).

O pagamento de JCP será no valor de R$ 53 milhões, o equivalente a R$ 0,03217660180 por ação ordinária de emissão da companhia, com base na posição acionária de 12 de novembro. O pagamento será realizado até 31 de março de 2022.

A companhia também distribuirá R$ 120 milhões em dividendos, o que corresponde a R$0,07285268332 por ação. A data base acionária é de 12 de novembro, com pagamento previsto para 1º de dezembro.

A Raia Drogasil registrou lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 154,5 milhões no terceiro trimestre deste ano (3T21), com leve queda de 0,12% em relação ao mesmo período de 2020.

O Ebitda totalizou R$ 446,2 milhões, alta de 12,3% na compração anual. A receita foi de R$ 6,16 bilhões, crescimento de 21% em relação ao 3T20. 

Sequoia

A Sequoia (SEQL3), líder em operações logísticas de e-commerce e tecnologia, teve lucro líquido ajustado de R$ 17,1 milhões no 3T21, alta de 24% em relação ao 3T20.

O EBITDA Ajustado (Ex-IFRS) somou R$ 41,7 milhões, crescimento de 38% em relação ao mesmo período de 2020.

A Receita Líquida foi de R$ 374,2 milhões, alta de 35% vs 3T20.

Mobly

A Mobly (MBLY3) teve no 3T21 prejuízo de R$ 25,7 milhões. No 3T20 a companhia teve lucro de R$ 1,9  milhão. No 2T21, prejuízo de R$ 17 milhões.

O Ebitda ajustado ficou negativo em R$ 7,2 milhões no 3T21. No 3T20, o Ebitda ajustado foi de R$ 13,4 milhões. 

No 3T21 a Mobly atingiu receita operacional líquida de R$186,3 milhões, representando crescimento de 3,4% em comparação com o mesmo período de 2020. Em comparação com o 2T21, a receita operacional líquida também apresentou crescimento de 6,1%, quando reportou o montante de R$175,7 milhões.

Iguatemi

A Iguatemi (IGTA3) também divulgou o resultado do terceiro trimestre de 2021 (3T21) nesta terça, 9, após o fechamento do mercado.

A companhia teve prejuízo de R$ 57,9 milhões, revertendo lucro de R$ 61,5 milhões do mesmo período de 2020.

Segundo a empresa, grande parte do resultado negativo é devida à marcação a mercado das ações da Infracommerce.

O Ebitda aumentou 14,2% no 3T21, para R$ 151,4 milhões. A margem Ebitda, caiu 1,6 ponto percentual, para 72,2%.

Já a receita líquida da Iguatemi foi de R$ 209,6 milhões, alta 16,6% em relação ao 3T20.

 

 

Whatsapp: 

Para receber notícias entre no grupo pelo link: 

https://chat.whatsapp.com/DKvkmJEHlHuEWjq6MuMg7f

Telegram

Para notícias entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFdKtmVSmTmfF68jIA

Para análise gráfica entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFk1BILf5KNH9DlQ3A

 

 

 

Published by
Redação

Recent Posts

Eventos que podem impactar a Bolsa na semana

  Eventos no radar do mercado na semana: Vencimento de opções Na quarta-feira, dia 18,…

15 de maio de 2022

Cemig reporta lucro 244% maior no 1T22

  Publicado às 11h04   A Cemig (CMIG4) reportou lucro líquido de R$ 1,45 bilhão…

15 de maio de 2022

Notícias corporativas e 6 links sobre análise de fundamentos

  Atualizado às 11h12   Notícias corporativas (clique nos links abaixo para ler os detalhes)…

15 de maio de 2022

Assista ao estudo do Ibovespa, Petr4, Vale3, Cple6, Bbdc4, Itub4, Itsa4, Ggbr4, Mglu3 e de Mrfg3

    Assista ao estudo do Ibovespa, Petr4, Vale3, Cple6, Bbdc4, Itub4, Itsa4, Ggbr4, Mglu3…

15 de maio de 2022

Raízen reporta queda no lucro ajustado

  Publicado às 23h07   A Raízen (RAIZ4) divulgou na noite de sexta, 14, seus…

15 de maio de 2022