MANCHETE PRINCIPAL

BTG inicia cobertura da CBA com recomendação de ‘compra’

 

 

Publicado às 11h10 

 

O BTG Pactual iniciou a cobertura da CBA (CBAV3) com preço-alvo de R$ 19 e recomendação de “compra”.

A CBA é uma das maiores empresas de alumínio do Brasil e da América Latina. 

O time de analistas do BTG destaca que a empresa encontra-se na ponta mais baixa da curva de custos e se diferencia por utilizar 100% de fontes renováveis ​​de energia em seu processo produtivo. 

Em relatório o BTG ressalta que a CBA está entre as 10 maiores geradoras de energia do Brasil (possuindo 21 usinas hidrelétricas) e está pronta para capitalizar a tendência futura de descarbonização globalmente. 

“Esta é uma das teses temáticas mais interessantes sob nossa cobertura, com uma indústria se reestruturando de anos de excesso de oferta e baixos retornos para uma situação estruturalmente muito mais saudável”, escreve a equipe.

O BTG salienta que o ponto crucial da tese estrutural de alta sobre o alumínio é que a China cumprirá suas reformas do lado da oferta e agenda de descarbonização, e isso poderia inclinar materialmente os mercados para o déficit alguns anos à frente. 

“Se a China implementar um limite de 45Mt para o alumínio conforme planejado e a demanda continuar crescendo a 3-5% ao ano (impulsionada por uma agenda verde), vemos mérito na tese contango (situação em que o preço futuro de uma mercadoria subjacente é mais alto do que seu preço à vista atual) para o alumínio com preços potencialmente escalando para US$ 3.000/t a longo prazo”, explicam os analistas. 

Por enquanto, o BTG estima uma faixa de US$ 2.400-2600/t. 

Também é vista como positiva para a tese a questão do ESG (Governança Ambiental, Social e Corporativa), com a companhia operando uma commodity altamente reciclável. 

Riscos

Para quem quer investir em uma ação, é importante ficar atento aos riscos a que a empresa está exposta.

O BTG destaca que os investidores devem estar cientes de que o setor de alumínio é altamente volátil e extremamente dependente da demanda global subjacente e do comportamento do fornecedor. 

Um enfraquecimento na produção global pode colocar a previsão de preços, lucros e avaliações sob pressão; China não cumprindo as reformas do lado da oferta, e racionamento de energia também são riscos.

 

Importante:

O Finance News não faz recomendação de compra ou venda de ativos. O texto acima tem por objetivo informar. O preço-alvo é uma projeção baseada em uma metodologia e varia dependendo da instituição financeira. Procure profissionais especializados e certificados para tomar qualquer decisão sobre investimentos.

Whatsapp: 

Para receber notícias entre no grupo pelo link:

https://chat.whatsapp.com/H1Pap4I2cgTEyFRmix9icW

Telegram

Para notícias entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFdKtmVSmTmfF68jIA

Para análise gráfica entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFk1BILf5KNH9DlQ3A

Published by
Redação

Recent Posts

Braskem anuncia dividendos no valor de R$ 7,53 por ação ordinária

    Publicado às 10h53   A Braskem (BRKM3, BRKM5, BRKM6) anunciou na manhã desta…

2 de dezembro de 2021

Rápidas: Braskem, Banco do Brasil, Taesa, Ânima e outros destaques

  Publicado às 10h42 Atualizado às 11h com informação do dividendo da Braskem   Braskem…

2 de dezembro de 2021

Ânima anuncia programa de recompra de ações

  Publicado às 9h45   A Ânima (ANIM3) anunciou nesta quinta-feira, 2, um programa de…

2 de dezembro de 2021

Senado analisa e vota PEC dos Precatórios

  O Senado realiza sessão nesta quinta-feira para analisar e votar a PEC dos Precatórios.…

2 de dezembro de 2021

Ibovespa futuro, dólar, PIB e outros destaques

Atualizado com cotação do dólar e Ibovespa futuro às 9h41   Ibovespa futuro O Ibovespa…

2 de dezembro de 2021

Ser Educacional anuncia a aquisição da Delinea

  Publicado às 8h54   A Ser Educacional (SEER3), um dos maiores grupos privados de…

2 de dezembro de 2021