MANCHETE SECUNDÁRIA

Enauta entra em negociação direta para contratação de FPSO para o SD do Campo de Atlanta

 

Publicado às 8h10

 

A Enauta Participações (ENAT3) informou nesta quinta-feira, 26, que a sua subsidiária Enauta Energia assinou um Memorando de Entendimento (MoU) com a Yinson Holdings Berhad para a negociação direta e exclusiva dos contratos de fornecimento do FPSO para o Sistema Definitivo (SD) do Campo de Atlanta. 

A informação foi divulgada por meio de um fato relevante.

O MoU estabelece o início de negociação direta com exclusividade para o fornecimento do FPSO, abrangendo os acordos para afretamento, operação e manutenção da unidade de produção. 

A Yinson é uma empresa independente de prestação de serviços de FPSOs que atua globalmente e opera unidades de produção na África Ocidental, Américas, Europa e Sudeste Asiático. 

“O MoU representa uma oportunidade de antecipar decisões relevantes para o sucesso da licitação do sistema definitivo de Atlanta e permite maior previsibilidade do início da operação e condições do SD de Atlanta. Decidimos seguir em frente com a Yinson, uma empresa tradicionalmente fornecedora de FPSOs, mundialmente conhecida, que já está se estabelecendo no mercado brasileiro. Chegamos a um acordo que corresponde às nossas expectativas de entregar um sistema de produção seguro e robusto. A Enauta também está alinhada com a Yinson em implementar soluções que minimizem a intensidade de carbono por barril produzido”, comentou Carlos Mastrangelo, Diretor de Operações da companhia. 

O processo de licitação do FPSO considera um FPSO com capacidade para processar 50 mil barris de óleo por dia, ao qual estarão conectados de 6 a 8 poços produtores, três deles já em operação no Sistema de Produção Antecipada. 

Segundo o fato relevante, a licitação considera a adaptação de um FPSO existente e ainda não utilizado, o OSX-2, possibilitada por um contrato de exclusividade com opção de compra assinado pela Enauta. 

A petroleira informou que o processo de licitação dos demais serviços e equipamentos necessários para o desenvolvimento do SD está em andamento. 

A Enauta entrou com o pedido junto ao Ibama para a obtenção da licença prévia do SD. 

“A Companhia espera tomar a decisão final de investimento do SD no início de 2022 para assegurar o início da produção em meados de 2024”, explicou. 

Localizado na Bacia de Santos, o Campo de Atlanta é operado pela Enauta Energia.

 

Whatsapp: 

Para receber notícias entre no grupo pelo link:

https://chat.whatsapp.com/HpxC8I2vsbZGDPkiBPuyMk

Telegram

Para notícias entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFdKtmVSmTmfF68jIA

Para análise gráfica entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFk1BILf5KNH9DlQ3A

 

 

Published by
Redação
Tags: Enat3Enauta

Recent Posts

Prisma Capital assume posição acionária majoritária na Dommo

  Publicado às 23h03   A Prisma Capital, por meio de veículos sob sua gestão,…

28 de janeiro de 2022

Notícias corporativas da noite desta sexta, 28

    Publicado às 21h43   Notícias corporativas da noite desta sexta, 28 (para ler…

28 de janeiro de 2022

CCR assina com a Agência Nacional de Transportes Terrestres a concessão da Dutra

  Publicado às 21h36   A CCR (CCRO3) informou na noite desta sexta, 28, que…

28 de janeiro de 2022

Iguatemi reporta alta de 11,8% nas vendas no 4T21 sobre o 4T19

  Publicado às 21h08   A Iguatemi (IGTI11), uma das maiores empresas full service no…

28 de janeiro de 2022

Eneva encerra negociações para aquisição do Pólo Urucu, da Petrobras

    Publicado às 20h07   A Eneva (ENEV3) encerrou sem êxito as negociações para…

28 de janeiro de 2022

Americanas aprova novo programa de recompra de ações

  Publicado às 19h45   O conselho de administração da Americanas (AMER3) aprovou um novo…

28 de janeiro de 2022