MANCHETE 2

Braskem divulga produção e vendas no 2T21. Confira os dados

 

 

 

Publicado às 20h01

 

 

 

A Braskem (BRKM5) divulgou após o fechamento do mercado nesta quinta-feira, 22, o relatório de produção e vendas do 2º trimestre de 2021. 

Os dados são dados preliminares. 

Brasil: vendas de resinas

Com relação ao volume de vendas de resinas, no mercado brasileiro, houve redução em relação ao 1T21 (-17%). Segundo a companhia, essa queda é explicada pela normalização da demanda na região, mas ainda permanecendo em patamares saudáveis; e pela redução de market share, principalmente devido a parada geral de manutenção programada na central petroquímica do ABC, São Paulo e ao aumento dos volumes de importação. 

Em relação ao 2T20, houve aumento no volume de vendas (+10%), principalmente em função da normalização da demanda no mercado brasileiro, que havia sido impactada no 2T20 pelo desaquecimento da economia como consequência da pandemia. 

As exportações foram superiores em relação ao 1T21 (+4%), principalmente em função da maior disponibilidade de PE para venda no mercado externo, devido à menor demanda e volume de vendas no mercado interno. 

Já em relação ao 2T20, houve queda nas exportações (-46%), em função da menor disponibilidade de resinas para a exportação devido a normalização da demanda no mercado brasileiro, que havia sido impactada no 2T20 pelo desaquecimento da economia como consequência da pandemia. 

Brasil: volume de vendas dos principais químicos

Com relação ao volume de vendas dos principais químicos, no mercado brasileiro, as vendas foram menores em relação ao 1T21 (-10%), em função da menor disponibilidade de produto. 

Ante ao 2T20, as vendas no mercado brasileiro aumentaram (+51%), em função da maior disponibilidade de produto e da maior demanda. 

As exportações foram superiores em relação ao 1T21 (+18%), principalmente devido ao maior volume exportado de benzeno em função de oportunidades no mercado externo. Já em relação ao 2T20, houve queda nas exportações (-37%), em função da maior priorização de vendas para o mercado brasileiro.

Estados Unidos e Europa: volume de vendas de PP

Nos Estados Unidos, houve um aumento em relação ao 1T21 (+14%) explicado pela maior disponibilidade de produto no período. 

Na comparação com o 2T20, aumento de 26%, em função, principalmente, da maior capacidade de produção após o início, em setembro de 2020, da produção comercial da nova planta de PP (Delta) na região. Na Europa, o volume de vendas ficou em linha em relação ao 1T21 (-1%). Na comparação com o 2T20, houve aumento de 14%, em função da maior disponibilidade de produto no período. 

México

Volume de vendas de PE: ocorreu aumento em relação ao 1T21 (+15%) em função da limitada disponibilidade de produto para venda no trimestre anterior após a interrupção no fornecimento de gás natural ao final de 2020 e após os impactos da tempestade de inverno Uri na Costa do Golfo dos Estados Unidos. Em relação ao 2T20, houve queda (-32%), devido à maior disponibilidade de produto para venda no mesmo período do ano anterior. 

 

Whatsapp: 

Para receber notícias entre no grupo pelo link:

https://chat.whatsapp.com/HpxC8I2vsbZGDPkiBPuyMk

Telegram

Para notícias entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFdKtmVSmTmfF68jIA

Para análise gráfica entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFk1BILf5KNH9DlQ3A

Published by
Redação
Tags: BraskemBrkm5

Recent Posts

Petrobras assina contrato para arrendamento do Terminal de GNL da Bahia

    Publicado às 18h48     A Petrobras (PETR3, PETR4) informou após o fechamento…

28 de setembro de 2021

B3 faz ajustes no valor do valor do dividendo e do JCP

  Publicado às 18h36     A B3 (B3SA3) informou nesta terça, 28, que fez…

28 de setembro de 2021

M. Dias Branco compra Latinex

    Publicado às 18h25     A M. Dias Branco (MDIA3) celebrou contrato para…

28 de setembro de 2021

Assista à análise do Ibovespa, Petr4, Vale3, Suzb3, Wizs3 e Cvcb3

    Publicado às 18h06   Dalton Vieira faz a análise do Ibovespa, Winv21, Wdov21,…

28 de setembro de 2021

Ibovespa fecha em queda de 3,05%. Dólar vai a R$ 5,42

    Publicado às 17h30   EUA A sessão foi de queda acentuada nas Bolsas…

28 de setembro de 2021