Pardini questiona relatórios sobre o setor em carta aos investidores

4 de maio de 2021 Por Redação

 

Publicado às 19h17

 

Em um extenso comunicado divulgado na noite desta quarta-feira, 4 de maio, intitulado Carta aos Investidores, o Instituto Hermes Pardini (PARD3) contestou “relatórios publicados recentemente sobre o setor de medicina diagnóstica (MD) que discorrem e analisam as operações atuais e perspectivas futuras de desempenho” de seus negócios e ressaltou aspectos relevantes do grupo.

“A nossa preocupação é que algumas análises de mercado da MD, principalmente de grandes corporações, têm colocado a Medicina Diagnóstica em segundo plano. Estamos preocupados com o conteúdo da informação e seu alcance, pois algumas dessas casas, com seus milhares de agentes e escritórios, são fontes para os acionistas minoritários no Brasil”, diz o comunicado.

Segundo a Pardini, os relatórios estariam errados ao dizer que as Operadoras de Saúde (OSs) vão pressionar a Medicina Diagnóstica, já que estão perdendo valor. “As OSs já fazem seus reajustes anuais de tabela de exames com a MD, sendo interessante que os ajustes de preço seguem modelos mais sustentáveis e de menor inflação médica setorial”, afirma a empresa.

Outro aspecto destacado pela empresa é a contribuição da área de P&D, característica das grandes empresas de Medicina Diagnóstica.

Leia a carta na íntegra.

 

Whatsapp: 

Para receber notícias entre no grupo pelo link:

https://chat.whatsapp.com/Jtz8dlgsRkVKZzry6hCDj7

Telegram

Para notícias entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFdKtmVSmTmfF68jIA

Para análise gráfica entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFk1BILf5KNH9DlQ3A