Não deixe de ler

Klabin: a avaliação do Credit Suisse e do BTG

 

 

Publicado às 15h

 

A Klabin (KLBN11) divulgou nesta terça-feira, 11, o resultado do 1T21. A companhia reportou lucro líquido atribuído à controladora de R$ 371,2 milhões. Dessa forma reverteu o prejuízo líquido atribuído à controladora de R$ 3,17 bilhões no 1T20.

Considerando o lucro líquido, o resultado somou R$ 421 milhões no primeiro trimestre. 

O Ebitda ajustado cresceu 24% frente ao verificado um ano antes, a R$ 1,27 bilhão, com margem de 36% desconsiderando-se efeitos não recorrentes. 

Veja a seguir a avaliação do Credit Suisse e do BTG Pactual para a companhia.

Credit Suisse

O Credit Suisse manteve a recomendação “neutra” para os papéis da Klabin (KLBN11). Seus analistas destacam que, apesar do potencial de crescimento, os investimentos previstos para o projeto Puma II (leia mais sobre o projeto aqui) devem levar a um fluxo de caixa negativo e pressionar a alavancagem. O preço-alvo é de R$ 31,50. 

Na avaliação do time de analistas do banco suíço, no 1T21, o fluxo de caixa livre ficou negativo em R$ 261 milhões devido a alguns fatores como o investimento de R$ 815 milhões, sendo R$ 497 milhões relacionados ao projeto Puma II. 

BTG Pactual

O BTG Pactual destaca que o resultado do 1T21 veio em linha com as estimativas, mas ainda abaixo do potencial para o ano. O banco classifica a ação como “compra” e projeta preço-alvo em R$ 38.

Seus analistas escrevem em relatório que a alavancagem foi maior em 4,4x dívida líquida/EBITDA (de 4,2x anteriormente). 

“Esperamos que este seja o último trimestre de crescentes números de alavancagem da empresa (apesar dos contínuos investimentos no Puma II), e esperamos que a Klabin atinja cerca de 2,5x no final do ano.

O BTG avalia que a empresa foi prejudicada por seu investimento no Puma II, com alto capex de crescimento e investidores atribuindo pouco (ou negativo) valor ao projeto. 

“A recente alta fez com que as ações começassem a precificar um crescimento, mas ainda vemos valor oculto no Puma I e II. Continuamos gostando do modelo de negócios (principalmente a flexibilidade, exposição ao dólar e defensividade), pois vemos sinergias relevantes entre as operações e acreditamos que a empresa deve continuar a entregar sua história de crescimento pela frente”, afirmam seus analistas.

Riscos

Para quem quer investir na companhia é importante entender os riscos a que está exposta. 

O BTG destaca que o setor de papel e celulose está sujeito a risco de taxa de câmbio, bem como a flutuações inesperadas das economias locais. O investimento em ações de papel e celulose também está sujeito a flutuações de preços de seus principais produtos. 

Além disso, a Klabin é altamente sensível a mudanças na oferta e demanda de seus principais produtos. Por isso, os principais riscos são a demanda fraca, como evidenciado pelas condições econômicas gerais ou aumentos na oferta, na forma de acréscimos de capacidade. 

Desempenho

As units KLBN11 têm alta de 5,7% desde o começo deste ano. No acumulado de 12 meses, sobem 30,2%.

 

 

Importante:

O Finance News não faz recomendação de compra ou venda de ativos. O texto acima tem por objetivo informar. O preço-alvo é uma projeção baseada em uma metodologia e varia dependendo da instituição financeira. Procure profissionais especializados e certificados para tomar qualquer decisão sobre investimentos.

Whatsapp: 

Para receber notícias entre no grupo pelo link:

https://chat.whatsapp.com/CdnKkvmMKhY4B9xeJukh4W

Telegram

Para notícias entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFdKtmVSmTmfF68jIA

Para análise gráfica entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFk1BILf5KNH9DlQ3A

Published by
Redação

Recent Posts

Minério, petróleo, bitcoin, notícias corporativas e mercados nesta sexta

    Publicado às 7h15   Notícias corporativas (clique nos links abaixo para ler os…

17 de setembro de 2021

Safra: Vale segue com perspectiva positiva para dividendos

  Publicado às    O Safra elaborou um relatório onde analisa as informações do ‘Dia…

17 de setembro de 2021

Telefônica Brasil anuncia o pagamento de juros sobre o capital

  Publicado às 18h37   O conselho de administração da Telefônica Brasil (VIVT3) aprovou o…

16 de setembro de 2021

Previ vende à Neonergia participações na Coelba, Cosern e Afluente T

    Publicado às 23h05   A Neoenergia (NEOE3) e a Caixa de Previdência dos…

16 de setembro de 2021

Petrobras inicia fase vinculante da Deten Química

  Publicado às 23h58   A Petrobras (PETR3, PETR4) concluiu a fase não vinculante iniciada…

16 de setembro de 2021

Notícias corporativas da noite desta quinta, 16

    Publicado às 21h43   Notícias corporativas da noite desta quinta, 16 (clique nos…

16 de setembro de 2021