MANCHETE SECUNDÁRIA

MPF arquiva acusações de Beny Steinmetz contra a Vale

Sede da Vale, no Rio de Janeiro

 

Publicado às 9h33

 

O Ministério Público Federal arquivou as acusações de Beny Steinmetz contra a mineradora Vale (VALE3). 

A informação foi divulgada pela companhia nesta segunda, 5.

“Em 28 de março de 2021, o Ministério Público Federal promoveu o arquivamento da notícia de fato que havia sido apresentada ao órgão pelo Sr. Benjamin Steinmetz e que atribuía falsamente a executivos da Vale práticas ilícitas no âmbito do projeto minerário de Simandou, na República da Guiné”, afirmou a mineradora em comunicado ao mercado.

Segundo a Vale, o Ministério Público Federal concluiu que os documentos apresentados “não contêm elementos que indiquem sequer em tese a ocorrência de crime de corrupção ativa ou de tráfico de influência internacional”, sendo “conclusão falaciosa e inconsistente” aquela de que executivos da Vale teriam em 2011 oferecido alguma vantagem indevida a George Soros. 

“A Vale entende que a decisão do Ministério Público Federal corrobora a lisura e probidade de sua atuação no mercado e segue convicta de que as autoridades brasileiras reconhecerão que o evidente objetivo do Sr. Steinmetz é desviar foco dos processos de execução de US$ 2 bilhões movidos pela Vale contra ele e suas empresas, conforme sentenças arbitrais e judiciais proferidas na Inglaterra e EUA”, destacou a mineradora no comunicado.

Vale anuncia programa de recompra de ações

A Vale (VALE) informou na noite desta quinta, 1°, que seu conselho de administração aprovou hoje o programa de recompra de ações ordinárias proposto pelo comitê executivo da companhia.

O programa de recompra será limitado a 270.000.000 de ações ordinárias e seus respectivos ADRs, representando até 5,3% do número total de ações em circulação, com base na composição acionária de 28 de fevereiro de 2021. 

O programa será executado em um período de até 12 meses. 

“Nosso programa de recompra demonstra a confiança da gestão da companhia no potencial da Vale de criar e distribuir valor de forma consistente. Regidos pela disciplina na alocação de capital, consideramos a recompra de nossas ações um dos melhores investimentos disponíveis para a companhia”, afirmou a mineradora em fato relevante.

A companhia ressaltou que o programa de recompra não compete com a intenção de consistentemente distribuir dividendos acima do mínimo estabelecido por meio da política de dividendos. 

Segundo a mineradora, o programa de recompra obedece à regulação do mercado de capital brasileiro e será implementado nas bolsas de valores a preços de mercado. 

 

Whatsapp: 

Para receber notícias entre no grupo pelo link: 

https://chat.whatsapp.com/IhrUchdwZfv0XUWXinybIS

Telegram

Para notícias entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFdKtmVSmTmfF68jIA

Para análise gráfica entre nesse grupo: https://t.me/joinchat/AAAAAFk1BILf5KNH9DlQ3A

 

Published by
Redação

Recent Posts

Petrobras assina contrato para arrendamento do Terminal de GNL da Bahia

    Publicado às 18h48     A Petrobras (PETR3, PETR4) informou após o fechamento…

28 de setembro de 2021

B3 faz ajustes no valor do valor do dividendo e do JCP

  Publicado às 18h36     A B3 (B3SA3) informou nesta terça, 28, que fez…

28 de setembro de 2021

M. Dias Branco compra Latinex

    Publicado às 18h25     A M. Dias Branco (MDIA3) celebrou contrato para…

28 de setembro de 2021

Assista à análise do Ibovespa, Petr4, Vale3, Suzb3, Wizs3 e Cvcb3

    Publicado às 18h06   Dalton Vieira faz a análise do Ibovespa, Winv21, Wdov21,…

28 de setembro de 2021

Ibovespa fecha em queda de 3,05%. Dólar vai a R$ 5,42

    Publicado às 17h30   EUA A sessão foi de queda acentuada nas Bolsas…

28 de setembro de 2021