JBS anuncia a venda de suas operações de carne bovina na Argentina, Paraguai e Uruguai

6 de junho de 2017 Por Redação

A JBS (JBSS3) anunciou que, diretamente e por meio de sua controlada JBS Handels GmbH, celebrou um acordo para a venda da totalidade das ações de suas subsidiárias detentoras das operações de carne bovina na Argentina, Paraguai e Uruguai para, respectivamente, Pul Argentina S.A., Frigomerc S.A. e Pulsa S.A., sociedades controladas pela Minerva (BEEF3), pelo preço total de US$300 milhões.

Em Fato Relevante nesta terça-feira a empresa afirmou que o “preço está sujeito a um ajuste em valor equivalente à diferença entre o capital circulante líquido e o endividamento de longo prazo das sociedades na data de fechamento, cujo valor estimado em 31 de março de 2017 era positivo em aproximadamente US$40 milhões”.

A transação foi aprovada por unanimidade pelo Conselho de Administração da JBS e está condicionada a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

A JBS pretende utilizar os recursos obtidos com a transação para diminuir sua alavancagem financeira.

Já a Minerva afirmou em Fato Relevante que a aquisição da JBS Paraguay, IPF, JBS Argentina e Frigorifico Canelones por suas subsidiárias “constitui oportunidade estratégica de complementação das operações do Grupo Minerva e representa mais um passo em sua diversificação geográfica na América do Sul, tendo em vista que as Sociedades Alvo estão localizadas na Argentina, no Paraguai e no Uruguai”.

Após a conclusão da operação, o Grupo Minerva passará a ter uma capacidade total de abate de 26.380 mil cabeças/dia, sendo que a capacidade total de abate do Grupo Minerva na Argentina passará a ser de 5.050 cabeças/dia (19,14% da capacidade total), no Paraguai, passará a ser de 5.400 mil cabeças/dia (20,47% da capacidade total); e no Uruguai, passará a ser de 3.200 mil cabeças/dia (12,13% da capacidade total).

A capacidade de abate do Grupo Minerva no Brasil, que é de 11.880 mil cabeças/dia e está distribuída em 7 estados, passará a representar 45,03% da capacidade total de abate do grupo.